O rinoceronte amarelo

O Instituto de Leitura Quindim nasceu em 19 de setembro de 2014, sendo chamado, inicialmente, de Centro de Leitura Quindim. O nome “Quindim”, uma ideia do ilustrador Roger Mello, é uma homenagem a dois grandes autores da Literatura Brasileira: o escritor Monteiro Lobato – pela criação do personagem Quindim, o rinoceronte do Sítio do Picapau Amarelo –, e o poeta Mario Quintana, já que o doce quindim era o seu favorito.

Idealizada por Volnei Canônica, a ideia surgiu em 2009, quando viajou para conhecer o sistema de bibliotecas e as políticas públicas da Colômbia. Ao conhecer o projeto Espantapájaros, da escritora e especialista Yolanda Reyes, Canônica decidiu que teria um espaço destinado principalmente à infância.

O Quindim “nasce do desejo de formatar um espaço onde crianças, jovens e adultos pudessem ter acesso à Literatura Infantil, Juvenil e a conteúdos teóricos de qualidade sobre o tema. Um lugar para pensar o ‘ecossistema do livro’, tendo o leitor, em especial o público infantil e juvenil, como núcleo central desse processo que ajuda a humanizar o dia a dia e a história de diferentes populações. Um espaço de referência que envolva a família e todos que promovem a leitura é a concretude de que a biblioteca é o local mais democrático e precisa ser valorizado”, explica Volnei Canônica.

No ano de 2014, Canônica convidou uma turma de estudiosas e apaixonadas pela Literatura Infantil em sua cidade natal, Caxias do Sul, e uma amiga de Bento Gonçalves, cidade vizinha, para formar o grupo de estudos do Centro de Leitura Quindim. Fizeram parte da formação original: Adriana Antunes, Adriana Camêlo Lucena, Graziela Cunha Canônica, Jaqueline Pivotto, Marli Fronza, Patrícia de Bastiani Alberti e Vania Marta Espeiorin.

O escritor e ilustrador Roger Mello foi convidado para se incorporar ao grupo criando também a logomarca do Centro e a primeira ilustração do símbolo que acabou ganhando o mundo: o rinoceronte Quindim.

Ainda em 2014, o Centro de Leitura Quindim levou para Caxias do Sul a primeira atração internacional: a bibliotecária e especialista Silvia Castrillón (Colômbia). Em conjunto com o escritor Roger Mello, ela palestra no Sesc Caxias sobre o “Direito ao Imaginário”, em dezembro de 2014.

Em novembro de 2016, o Centro de Leitura Quindim realizou uma expedição com escritores e ilustradores brasileiros de literatura infantil e juvenil para as cidades de Xangai e Pequim, na China. Em conjunto com a Feira Internacional do Livro para Crianças de Xangai, o Quindim promove o 1º Seminário de Literatura Brasileira para Crianças. Os artistas que participaram do evento foram: Graça Lima, Marcelo Pimentel, Mariana Massarani, Marina Colasanti, Roger Mello e Volnei Canônica.

No dia 1 de dezembro de 2016, na Biblioteca Municipal Monteiro Lobato, em São Paulo, lança o projeto Clube de Leitura Quindim, que é um clube de assinatura de livros. Apesar de ter a ligação conceitual com o trabalho do Centro de Leitura Quindim, o Clube é uma entidade jurídica independente que tem como sócios-fundadores Ana Lúcia Castro, Renata Nakano e Volnei Canônica. Atualmente, permanecem no Clube os idealizadores Renata Nakano e Volnei Canônica.

O Centro de Leitura Quindim foi crescendo e necessitava ter um espaço físico. Começamos com uma sala cedida pela família da Patrícia Alberti, no Centro de Caxias do Sul, para colocar parte do acervo da biblioteca e fazer algumas atividades. Por lá passaram artistas como André Neves, Tino Freitas, Rafael Dambros, Yolanda Reyes (Colômbia) e muitos autores caxienses e de outras cidades brasileiras e internacionais.

No final de 2017, o Grupo de Teatro Ueba Produtos Notáveis convida o Quindim para ser um de seus parceiros e compartilhar o espaço do Centro Cultural Moinho da Cascata, no bairro Santa Catarina, em Caxias do Sul. Aline Zilli e Jonas Piccoli, juntamente os outros integrantes do grupo, não mediram esforços para que o Instituto conseguissem montar a sua biblioteca no espaço do Moinho.

O projeto Quindim já havia conquistado reconhecimento nacional e internacional. O Centro de Leitura transformou-se em Instituto de Leitura Quindim. A logomarca do Instituto de Leitura Quindim ganhou a criação dos artistas Felipe Cavalcante e Nahira Maciel, que já haviam registrado todo seu talento artístico na logomarca do Clube de Leitura Quindim.

Assim, foi inaugurada, no dia 30 de novembro de 2018, no Moinho da Cascata, em Caxias do Sul, a sua sede física com uma biblioteca com mais de 5 mil livros de referência na literatura infantil e juvenil e teóricos; um centro de estudos e pesquisas; e uma livraria.

O Quindim sempre participou das feiras de livro de Caxias do Sul, com sugestão de artistas e programação, incluindo um espaço físico de biblioteca nos anos de 2017, 2018 e 2019.

No ano de 2017, o Quindim lança a “Exposição Roger Mello: um artista sem Fronteiras”, no museu municipal de Caxias do Sul. Uma exposição inédita do artista com mais de trinta reproduções fiéis de suas ilustrações. Roger Mello é o ilustrador brasileiro que ganhou o Prêmio Internacional Hans Christian Andersen – considerado o Nobel da literatura para crianças. A mostra, depois, aconteceu também no LER – Salão Carioca do Livro e no Colégio Pedro II, ambos no Rio de Janeiro.

A biblioteca ganhou vida pelo traço da arquiteta Jéssica De Carli, transformando-a em um espaço arquitetônico de referência. E, assim, o Quindim se consolidou como um lugar de afetos, de encontros, de promoção do livro e da leitura. Um espaço sem barreiras, de fruição estética e de vivências. Um local de encontro das narrativas verbal, visual e afetiva. Um espaço para refletir sobre a sociedade e repensar novos caminhos. Um espaço político de garantia do direito à literatura.

 

A inauguração do Instituto de Leitura Quindim foi um evento prestigiado pela mídia nacional, entidades representativas da área, políticos e gestores públicos e autores de diferentes Estados. Na ocasião, o Quindim realizou o “I Seminário do Livro, Leitura e Bibliotecas: onde estamos, para onde vamos?”.

Para tornar esse espaço uma realidade, o Quindim conta com a colaboração de profissionais ligados às áreas de educação, literatura, psicologia, comunicação: Adriana Camêlo Lucena, Franciele Almeida Oliveira, Graziela Cunha Canônica, Ivania Ermel, Juliana Tonet, Leonardo Buziki, Marli Fronza, Roger Mello, Salete Anderle, Vania Marta Espeiorin e Volnei Canônica, além de talentos do Brasil e do Exterior que trabalham em prol do acesso à Literatura Infantil e Juvenil. O Instituto contou ainda com dois importantes nomes ligados à cultura e à leitura em Caxias do Sul, Luiza Darsie da Motta e Fabiano Finco. Profissionais que ajudaram na constituição desse importante projeto. Colaboraram ainda com o projeto: Marco Benelli, Diva Andrade, Carla Lima e Jéssica Boeira.

UM ANO DE QUINDIM

Os números deste primeiro ano são muito significativos para nós e demonstram a consolidação do Quindim como um espaço fundamental no cenário local e mundial: nossos 470 sócios fizeram circular em suas casas cerca de 10.600 livros. Mas os números do Instituto não param por aí: foram realizadas 34 visitas de diferentes instituições de ensino (29 escolares/5 universitárias) somando 5.715 visitantes. Ofertadas neste período 11 oficinas/atividades para crianças, jovens, famílias e universitários, sendo 2 delas com escritores/ilustradores internacionais. Nosso Centro de Estudos e Pesquisas realizou 23 cursos, sendo que 12 deles aconteceram fora do Instituto, em diferentes Estados do país. Contou ainda com 7 exposições e, a participação em 27 eventos literários (21 nacionais e 6 internacionais). Além dos visitantes locais, recebemos a visita de pessoas de diferentes cidades do Rio Grande do Sul: Farroupilha, Flores da Cunha, Ijuí, Bento Gonçalves, Garibaldi, Porto Alegre, Viamão, São Leopoldo, Gramado, Torres; bem como de diversos Estados do Brasil: Belém do Pará, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Goiânia, Natal, Recife, Florianópolis, Fortaleza, Curitiba e, algumas visitas ilustres que vieram de longe, de São Francisco/Califórnia(USA), de Óbitos e Lisboa(Portugal), da Colômbia, de Angola.

O QUINDIM ESTÁ DE CASA NOVA: PÁTIO EBERLE

A democratização do acesso é uma das grandes preocupações do Quindim. Com o aumento significativo de público e pensando em oferecer maior conforto e acessibilidade aos sócios e à comunidade em geral, o Quindim estabelece uma parceria com a GCI Empreendimentos. Em janeiro de 2020, o Instituto muda sua sede para a região central de Caxias do Sul. O Quindim amplia seu espaço físico de 100m² para 365m² e passa a ocupar o salão nobre do antigo prédio histórico da Metalúrgica Eberle – conhecido como Pátio Eberle.

O local foi escolhido por estar no “coração da cidade”. “Nossa intenção é facilitar o acesso ao livro e à leitura a todas as famílias, além de contribuir para contar a história desse importante patrimônio cultural da cidade que é o Pátio Eberle”, ressalta Volnei Canônica, presidente do Instituto.

 
 

UMA BIBLIOTECA É UMA CASA ONDE CABE TODA A GENTE

Pegamos emprestado o título do livro da artista Mafalda Milhões para dizer que, na casa do Quindim, recebemos tantos amigos. Recebemos nossos jovens leitores e suas famílias. Recebemos os profissionais da educação que revolucionam todos os dias o seu ambiente por meio da leitura. Ah, os inúmeros contadores de histórias e artistas de diferentes áreas... O Quindim é um rinoceronte que faz muitas amizades. Por isso, também trouxe para a sua casa muitos autores e especialistas brasileiros e internacionais: (Colocar por ordem alfabética) Yolanda Reys e Silvia Castrillón (Colômbia), Ondjaki (Angola), Mafalda Milhões e Margarida Botelho (Portugal), Ana Terra (França), Marina Colasanti, Mariana Massarani, Ninfa Parreiras, Walcyr Carrasco, Isabella Zappa (Rio de Janeiro), Ivan Zigg, Tino Freitas, André Neves, Antonio Schimeneck, Alexandre Britto, Paula Taitelbaum, Caio Riter, Cathe de León(Porto Alegre), Luciano Pontes(Pernambuco), Lúcia Hiratsuka Márcia Leite e Marco Haurélio (São Paulo), Fê(Florianópolis), Rosana Montal’verne (Minas Gerais). Os caxienses, Delcio Agliardi, Gica Conta, Aline Luz, Cia Espicula, Cris Lavratti, ...

Conheça a equipe

 
 

Volnei Canônica

Presidente

Roger Mello

Vice-presidente

Franciele Oliveira

Coordenadora Administrativa

Leonardo Buziki

Estagiário

Graziela Canônica

Voluntária - Conselho Consultivo

Juliana Tonet

Voluntária

Marli Fronza

Voluntária - Conselho Consultivo

Salete Anderle

Voluntária

Vania Espeiorin

Voluntária - Conselho Consultivo

Ronaldo Bueno

Comunicação

Adriana Camêlo Lucena

Voluntária - Conselho Executivo

Alessandra Passarin

Voluntária - Relações Públicas

ALGUNS PARCEIROS DA
TRAJETÓRIA DO QUINDIM

ADRI SILVA

Agência de conteúdo

DEDEKA

Moda infantil e juvenil

CLUBE QUINDIM

Clube de assinatura de livros infantis

É NOZES

Grupo de palhaços e atores profissionais e voluntários

ERA UMA VEZ

DÓ RÉ MI

Contação de história e musicalização infantil

FAMUR

Faculdade Murialdo

INFINITA COMUNICAÇÕES

Agência de conteúdos

INTERCITY

Hotelaria Urbana

METAMORFOSE

Espaço de Psicologia

MOINHO DA CASCATA

Centro Cultural

PÁTIO EBERLE

Centro comercial e cultural

NA PONTA DO LÁPIS

Espaço especializado no atendimento do turno inverso a escola

FORMA CERTA

Gráfica

JÉSSICA DE CARLI

Arquiteta

LE MARCHÉ CHIC

Feira de moda, arte e design

METABOOKS

Plataforma unificada de metadados para o mercado brasileiro

NOSTRA CUCINA RISTORANTE

Restaurante

SAMBA

Instituto Samba

SENALBA-CAX

 

SESC CAXIAS DO SUL

Serviço social do comércio

Sindicato dos Empregados em Entidades, Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional de Caxias do Sul RS

SINDSERV

Sindicato dos servidores municipais de Caxias do Sul RS

UCS

Universidade de Caxias do Sul

VOX MÍDIA

Editora e comunicação visual

UEBA PRODUTOS NOTÁVEIS

Grupo de teatro 

UFG

Universidade Federal de Goias 

VILA NOBRE

Fábrica de estofados

INSTITUTO DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 31.881.967/0001-53

R. Sinimbu, 1670 - 6º andar - Centro - Pátio Eberle - CEP 95020-001

Caxias do Sul - RS, Brasil

©2020 por Instituto de Leitura Quindim

NOVO ESPAÇO DO INSTITUTO QUINDIM (Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS)