top of page

2ª edição do Viradão da Leitura alcança mais de 7,6 mil pessoas


A arte oficial da campanha foi desenvolvida pelo ilustrador André Neves, reconhecido no Brasil e no exterior.

A segunda edição do Viradão da Leitura, iniciativa organizada pelo Instituto de Leitura Quindim (ILQ) e pelo Projeto Kombina, alcançou mais de 7,6 mil pessoas nas redes sociais (Instagram, Facebook e YouTube). Foram muitas publicações usando as hashtags oficiais #viradaodaleitura e #politicanacionaldaleituraescrita. A iniciativa consistia em abrir a câmera do celular, gravar um vídeo ou fazer uma live, ler um texto, livro ou poema que gosta e publicar nas redes sociais. Mas além disso, demonstrar o amor pela literatura, pela leitura, pelos movimentos e projetos que valorizam leitores e a delícia que é ler. A iniciativa online foi realizada no último sábado, dia 23 de abril, durante 24 horas. A data foi escolhida por ser o Dia Mundial do Livro e o Dia do Direito do Autor.


Durante o Viradão, o ILQ promoveu quatro lives no Instagram. Somando todas, são mais de 1,5 mil visualizações e diversos comentários de apoio e vibrações pela realização da ação. Além disso, durante o Viradão, o Instituto Quindim chegou a marca de 18 mil seguidores no Instagram. Caso tenha perdido, confira elas abaixo:



Diretamente da Biblioteca 108/308 Sul, teve Viradão presencial.

Além de online, o Viradão também foi promovido de forma presencial direto da Biblioteca 108/308 Sul, localizada em Brasília (DF). No evento, diversos escritores, ilustradores, contadores de histórias, promotores da leitura e amantes da literatura se reuniram para ler materiais que os encantam, que os tocam e que os movem.


O vice-presidente do Instituto, o ilustrador e escritor Roger Mello, esteve participando do evento e também fez a sua leitura. O ILQ aproveita para agradecer o empenho de amigos e amigas de Brasília que estiveram presencialmente, além de participar de outras lives e publicações relacionadas. Confira abaixo:



Direto da cidade do Rio de Janeiro (RJ), o presidente Volnei Canônica também deixou o seu recado sobre a importância da Política Nacional de Leitura e Escrita (PNLE) e do Viradão. "Para construirmos um Brasil de leitores precisamos de políticas públicas que garantam o direito do acesso ao livro e à leitura. A 2ª edição do Viradão da Leitura mobiliza a sociedade para essa importante pauta. Estamos muito felizes com o resultado." Assista a live do presidente AQUI.


O ILQ apresenta alguns depoimentos recebidos enquanto o Viradão da Leitura estava acontecendo. Um deles é da Rede Cachoeiras de Letras, que participou diretamente do Amazonas. “Instituto Quindim, queremos agradecer o convite para incluir o Amazonas no Viradão. Foi excelente a adesão de contadores, professores, escritores e bibliotecas. Superou nossas expectativas. Esperamos que vocês tenham gostado de conhecer um pouco mais a literatura do Amazonas. Somos todos apaixonados pela leitura, pelos livros, pela literatura e pelas bibliotecas”, afirmou a Rede em comentário no Instagram.


Assista às lives da Rede Cachoeiras de Letras: Live 1 / Live 2 / Live 3 / Live 4 / Live 5


Thais Roque, autora, contadora de histórias e apaixonada pela leitura, tirou um tempo para participar do Viradão, mesmo estando em viagem. “Eu fiquei muito emocionada ontem [23]. É difícil para mim, ficar aqui de longe, e sempre querendo ajudar nosso país. Fico triste por saber como se lê pouco no Brasil. Projetos como o de vocês dá uma luz, me faz acreditar”, destacou. Assista à leitura da Thais AQUI.


O Viradão da Leitura também ganhou destaque na mídia antes e durante a ação. Veículos como o Jornal Pioneiro (Caxias do Sul) e Correio do Povo (Rio Grande do Sul) deram espaço para noticiar a iniciativa, além de destacar a sua importância na luta por políticas públicas na área da leitura e escrita. Outros veículos também noticiaram o Viradão, como o jornal O Florense, a Rádio Caxias, o blog Conceito Serra gaúcha , o Jornal Ponto Inicial e o blog Expansão.


A equipe do Instituto Quindim e do Projeto Kombina agradecem imensamente a todos que dedicaram tempo, prepararam lives e conteúdos inspiradores. Cada vídeo, cada comentário, cada stories, cada curtida tem um imenso significado e dá forças para continuar com a ação, que certamente irá retornar no próximo ano. A luta por uma literatura para todos continua.



LEIA TAMBÉM

Comments


bottom of page