Abdulrazak Gurnah é o vencedor do Prêmio Nobel de Literatura 2021


Abdulrazak é natural da Tanzânia, país do continente Africano. Foto: Divulgação.

Na manhã desta quinta-feira (07/10), a Academia Sueca divulgou o ganhador do Prêmio Nobel de Literatura de 2021: Abdulrazak Gurnah, escritor da Tanzânia. Ao justificar a entrega do prêmio, a Academia destacou a capacidade de Gurnah adentrar nos efeitos do colonialismo no país africano e nas histórias dos refugiados, além das diferenças entre culturas e continentes. A Academia também salientou que os romances do autor dão novas visões sobre a cultura da África Ocidental, trabalhando a diversidade e elementos culturais que ainda são desconhecidos para muitos países.


As obras escritas do escritor vão ao encontro de sua própria história de vida. Gurnah é natural da ilha de Zanzibar, porém, na década de 1960, ele e a família chegaram à Inglaterra como refugiados. Durante a carreira, publicou 10 obras e diversos contos. Um dos seus livros mais conhecidos é “Paradise”, publicado em 1994, e que se passa na África durante o período da Primeira Guerra Mundial. “By the Sea” (2001), "The Last Gift" (2011) e “Desertion” (2005) são alguns outros livros do autor. Nenhuma das obras de Abdulrazak foram publicadas no Brasil.



LEIA TAMBÉM

Catarina Sobral é a convidada de outubro do Quintal da Língua Portuguesa

Instituto de Leitura Quindim promove exposição no Prataviera Shopping