CURSO ONLINE DEBATE VIOLÊNCIA SEXUAL NA LITERATURA


Obras de Lygia Bojunga, Conceição Evaristo e Marina Colasanti ganham destaque no curso

A violência sexual está presente na literatura para a infância e adolescência desde seus primórdios. É o caso dos contos que formam As Mil e Uma Noites, reunidos a partir do século IX, e também das histórias populares recolhidas por Charles Perrault e pelos Irmãos Grimm oito séculos mais tarde, dos mitos de diferentes povos e das narrativas contemporâneas.


O assunto será destaque no curso online “Violência sexual na literatura: Onde anda o Barba Azul?”, ministrado pela antropóloga Carolina Parreiras e pela escritora e psicanalista Ninfa Parreiras. Em sete encontros via Zoom, obras literárias de diferentes gêneros e períodos históricos serão analisadas sob o olhar da antropologia e da psicanálise, com atenção especial para as cenas de hostilidade e opressão.


Conforme Ninfa Parreiras, debater a violência sexual na literatura é uma questão urgente para os nossos dias, tendo em vista que os livros são instrumentos de expressão dos sentimentos e de valores universais. “Para quem escreve, a escrita materializa afetos, dúvidas e incertezas. Ao materializar questões tão delicadas, como o assédio e a violência sexual, a pessoa se fortalece na sua subjetividade e autonomia. Ao ler narrativas que trazem a violência sexual, os leitores podem se identificar, saber sobre outras experiências e viver papeis de diferentes personagens”, explica.

Ilustrações de Chapeuzinho Vermelho, de Lisbeth Zwerger, e Cinderela, de Arthur Rackham


Além de pensar as diversas formas de violência que povoam a literatura e refletir sobre o silenciamento e os muitos nomes utilizados, o curso também visitará a contribuição de nomes como Conceição Evaristo, Lygia Bojunga e Marina Colasanti.


“Essas autoras deram voz a personagens violentadas e mutadas. Com isso, dão voz a milhares de pessoas que sofrem ou sofreram violência. Se você lê sobre um tema delicado como este, você se sente acolhida, se identifica, questiona, pensa. A literatura te dá voz e, ao te dar voz, te fortalece”, destaca Ninfa.

As aulas começam no dia 6 de outubro. Confira o serviço completo abaixo:


SERVIÇO

  • O que: curso online “Violência sexual na literatura: Onde anda o Barba Azul?”

  • Aulas: dias 06, 08, 13,15, 20, 22 e 27 de outubro, das 13h30 às 15h30

  • Inscrições: clique aqui

  • Investimento: R$ 350 (público em geral) e R$ 300 (conveniados, ex-alunos do Instituto Quindim, sócios do SENALBA-CAX, SINPRO e SINDISERV - desconto deverá ser solicitado pelo e-mail institutodeleituraquindim@gmail.com).

  • Pagamento: boleto, transferência bancária, cartão de crédito e débito


Leia também:

INSCRIÇÕES PARA ESPECIALIZAÇÃO EM LITERATURA INFANTIL ENCERRAM NESTA QUARTA

INSTITUTO DE LEITURA QUINDIM É DECLARADO DE UTILIDADE PÚBLICA

INSTITUTO DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 31.881.967/0001-53

R. Sinimbu, 1670 - 6º andar - Centro - Pátio Eberle - CEP 95020-001

Caxias do Sul - RS, Brasil

©2020 por Instituto de Leitura Quindim