Seminário virtual “SeresLivros SeresLibres” ocorre nesta quarta-feira


As artes do seminário são do ilustrador Roger Mello.

Criado pelos participantes e idealizadores do projeto Rotas e Redes Literárias de Corumbá e Ladário, o seminário “SeresLivros, SeresLibres” será realizado virtualmente nesta quarta-feira (08/12), a partir das 19h. O objetivo do encontro é debater e inspirar ações de fomento ao livro e à leitura na construção de sociedades leitoras, principalmente na América Latina. Os organizadores destacam que é pelo caminho da liberdade literária, por meio da literatura, que voos para além das fronteiras serão alçados.


Volnei Canônica, presidente do Instituto de Leitura Quindim, é um dos curadores do seminário, bem como mediador do bate-papo “Redes Leitoras”, que terá a presença de Victoria Garcia (Colômbia) e Selene Tinco (Peru). Os desenhos das artes de divulgação do encontro foram criados pelo renomado ilustrador e escritor Roger Mello, que também é vice-presidente do Instituto. Elas foram cedidas especialmente para o evento.


Abaixo, confira a programação completa do seminário:


08 DE DEZEMBRO - 19h


Ao vivo pelo canal “Instituto de Arte Tear” no YouTube


Anfitrião: Salim Haqzan


19h às 19h30 – ABERTURA

Poeta Seu Balbino


19:30h às 20:45h – REDES LEITORAS

Victoria Garcia (Colômbia) e Selene Tinco (Peru) - mediação de Volnei Canônica (Brasil)


20:45h às 21:30h – LITERATURA ANDARILHA

Christina Dias (Projeto Kombina/RS) e Hesron da Costa Vale (Projeto Meninos do Barco/PA) - mediação de Tarissa Marques (MS)


21:30h às 22h – ENCERRAMENTO

Bernardo Paredes & Filhos


Biografia dos participantes:


Victoria Garcia

Co-fundadora da Fundação Círculo Aberto. Leitora apaixonada. Advogada e especialista em Pedagogias das Diferenças. Tem experiência no desenvolvimento de projetos sociais e empresariais onde a arte é a ferramenta transformadora. Responsável pela criação e direção executiva dos projetos da fundação. A Fundação Círculo Aberto é uma organização sem fins lucrativos e independente que trabalha desde 2010 na concepção e implementação de projetos de educação e cultura. Com uma paixão especial pela literatura e pelos livros, o objetivo é transformar a educação, colocando a literatura de qualidade no centro de todo o aprendizado. Acesse: https://circuloabierto.org.


Selene Tinco

Formada em Educação, especialista em Distúrbios da Comunicação e Dificuldades de Aprendizagem, possui Mestrado Internacional em Literatura Infantil e Juvenil e Incentivo à Leitura. É membro da Academia Peruana de Literatura Infantil e Juvenil. Assessora em projetos de mediação de leitura interligando arte, jogos e literatura. Diretora da Sala de Leitura Vallecito, é a fundadora dos projetos: Leia para crescer, Ler é o meu norte e fundadora do Festival de Livro e Leitura Infantil e Juvenil - projeto vencedor dos Estímulos 2019 do Ministério da Cultura do Peru. Acesse: https://cerlalc.org/author/stinco/ e https://www.youtube.com/watch?v=jXqHSbEX7w0.


Volnei Canônica

Gaúcho de Caxias do Sul, formado em Relações Públicas, com especialização em Literatura Infantil e Juvenil e Literatura, Arte do Pensamento Contemporâneo. Sua família tem um ferro velho e os livros, descartados pelas pessoas, alimentaram, desde a infância, o seu imaginário, transformando-o em artista e mediador de leitura. Sua trajetória é marcada pela luta por políticas públicas que garantam o direito à literatura para todos. Atuou e coordenou diferentes programas e projetos nacionais. Foi assessor da FNLIJ, Coordenador do Programa Prazer em Ler do Instituto C&A, Diretor da DLLLB do MinC. Atualmente é Presidente do Instituto de Leitura Quindim. Seu primeiro livro publicado é “Tanta Chuva no Céu”, uma parceria com o ilustrador equatoriano Roger Ycaza. A obra ganhou o Prêmio Sylvia Orthof – Biblioteca Nacional como melhor livro infantil 2021. O livro também foi selecionado pela Revista 451 como um dos 14 melhores livros de 2020 e ainda ganhou o Selo Distinção da Cátedra Unesco de Leitura e o Prêmio Image of the Book, XIV Concurso Internacional de Ilustração e Design de Livros, na Rússia.


Christina Dias

“Minha primeira professora me ajudou a enxergar a beleza da vida e achei que o texto é um bom lugar para guardá-las, por isso escrevo livros, por isso ando por aí numa kombi para espalhar belezas tentar ajudar as pessoas a enxergá-las dentro e fora dos livros”, afirma Christina. No total, já são 26 livros publicados, além de alguns textos incluídos em antologias com outros escritores, publicados por várias editoras. É fundadora do Projeto Kombina, uma iniciativa capaz de levar diferentes formas de arte e promover espaço de produção e construção artística de forma integrada e interativa por meio da editora, de espetáculo e da kombi. Acesse: https://www.projetokombina.com.br.


Hesron da Costa Vale

Natural no município de Breves (PA), formado em pedagogia pela Uniasselvi e voluntário há cinco anos no projeto Vaga Lume representando a comunidade Manancial Celeste que é situada à margem esquerda do Rio Pararijos. Hoje trabalha como professor, mas atua há muito tempo como condutor de transporte escolar marítimo nos rios da Amazônia, onde tinha a missão de transportar 20 alunos por dia, divididos nos turnos manhã e tarde. O percurso da viagem era de aproximadamente duas horas de ida e volta. Foi em uma dessas muitas viagens que surgiu a ideia do projeto Meninos do Barco. Todos os dias, antes de começar as viagens, Hesron buscava vários livros da biblioteca comunitária e distribuía para as crianças lerem durante a travessia. Neste percurso, Hesron fazia mediação de leitura com as crianças e também nas paradas e portos das casas.