O conto As Cocadas, publicado pela primeira vez em O Tesouro da Casa Velha, um dos últimos trabalhos de Cora Coralina, ganha nesta edição as cores, os traços, as ilustrações tão sintonizadas com a infância do artista Alê Abreu. A narrativa em primeira pessoa, curta, direta e, ao mesmo tempo, detalhista no que é preciso – qualidades de quem conta mesmo um conto – envolve a criança, desafia sua curiosidade a cada linha, desperta o desejo de descobrir a resolução do conflito vivido pela personagem:

Eu devia ter nesse tempo dez anos. Era menina prestimosa e trabalhadeira à moda do tempo. Tinha ajudado a fazer aquela cocada. Tinha areado o tacho de cobre e ralado o coco. O coco era gordo, carnudo e leitoso, o doce ficou excelente. Minha prima me deu duas cocadas. Duas cocadas só. De noite, sonhava com as cocadas. De dia as cocadas dançavam piruetas na minha frente.

 

Ficha Técnica

Editora Global

Coleção: Cora Coralina ,Cora Coralina
Edição: 2ª edição
Formato: 21 x 28 cm
24 páginas

As cocadas (Cora Coralina e Alê Abreu)

R$ 45,00Preço
     

    INSTITUTO DE LEITURA QUINDIM

    ©2020 por Instituto de Leitura Quindim