O escritor mineiro Bartolomeu Campos de Queirós, conhecido como o “tecelão de imagens e sonhos”, neste livro centra a narrativa nos sentimentos e emoções de um menino que observa, com encantamento e medo, a chegada e a partida dos ciganos em sua cidade. De sua solidão, da falta de afeto paterno, vivencia o desejo de ser roubado por aquele povo nômade e misterioso, de ser levado para além dos muros de seu mundo e conhecer outros lugares.

Para um menino, assim só, os ciganos eram uma espécie de sol que acordava os afetos. Por todo tempo ele velava cada movimento daquele povo transitório e feliz. O medo da partida, desavisada, dos ciganos o incomodava. Não ser levado e continuar reparando as nuvens e descobrindo figuras fugazes, seguidamente.

A prosa poética, característica marcante na criação de Bartolomeu Campos de Queirós, remete o leitor – jovem ou adulto – a uma reflexão sensível sobre a alma humana.

 

Ficha Técnica

Editora Global

Coleção: Bartolomeu Campos de Queirós
Edição: 14ª edição
Formato: 21 x 28 cm
16 páginas

Ciganos (Bartolomeu Campos de Queirós)

R$ 39,00Preço
     

    INSTITUTO DE LEITURA QUINDIM

    ©2020 por Instituto de Leitura Quindim