Em tempo escuro, a palavra (a) clara (José Paulo Paes) | Instituto Quindim

O poeta José Paulo Paes, também ensaísta e tradutor, ganhador de vários prêmios literários, a respeito do gênero poético comentou: Para mim, é a capacidade de iluminar a linguagem de todos os dias, aprofundando-lhe os significados, tornando-os de tal modo memoráveis que eles nunca mais consigam separar-se do modo por que foram ditos. Os professores me incutiram a ideia de que ela era um tipo especial de linguagem rimada, metrificada e enfeitada. Quanto menos palavras se use para dizer algo, maiores as possibilidades de dizê-lo melhor.

Possibilitar à criança o contato com os poemas de José Paulo Paes significa sensibilizá-la para o prazer estético, para o jogo da linguagem poética e para a aprendizagem, cedo ainda, da leitura do não explícito. O camponês sem terra/ Detém a charrua/ E pensa em colheitas/ Que nunca serão suas.

Em tempo escuro, a palavra (a) clara (José Paulo Paes)

R$ 42,00Preço
     

    INSTITUTO DE LEITURA QUINDIM

    ©2020 por Instituto de Leitura Quindim