Roger Mello ilustrou personagens de “Vamp”, que estreia no Globoplay


Trama de Antônio Calmon foi sucesso nos anos 1990. Crédito: TV Globo / Reprodução

Se você estava na dúvida em assistir de novo a novela Vamp, sucesso de Antônio Calmon que estreia nesta semana no Globoplay, tenho certeza que esta curiosidade vai ajudar na escolha. O ilustrador Roger Mello, vice-presidente do Instituto Quindim, é quem assina os desenhos apresentados no final de cada capítulo.


Exibida originalmente de julho de 1991 a fevereiro de 1992, a novela conta a história do capitão Jonas Rocha (Reginaldo Faria), viúvo e pai de seis filhos, que se casa com a historiadora Carmen Maura (Joanna Fomm), também viúva e mãe de seis filhos. A numerosa família mora na pacata Armação dos Anjos, no litoral do Rio de Janeiro. A cidadezinha se transforma após a chegada da cantora de rock Natasha (Claudia Ohana), que planeja destruir Vladimir Polanski, o conde Vlad (Ney Latorraca), para se livrar de uma maldição.


Personagens Jonas Rocha (Reginaldo Faria), Mary (Patrícia Travassos), Alice Penn Taylor (Vera Holtz) e Conde Vladymir Polanski (Ney Latorraca). Crédito: TV Globo / Reprodução


Transformar os personagens em desenho foi ideia do diretor Jorge Fernando, com a intenção de dar uma atmosfera de história em quadrinhos às cenas finais. Para tanto, Roger Mello passava algumas horas por dia sentado ou ajoelhado em frente a um televisor, copiando os contornos do último frame do capítulo num filme de poliéster, preso à tela com durex.


Feito o esboço, o ilustrador realçava o desenho com um lápis de cera preto e depois escolhia o elemento mais importante para colorir. A arte finalizada era então grudada na parede do estúdio e filmada para, posteriormente, na sala de edição, se fundir ao vídeo.


Recorte da revista Contigo, de 26/12/1991

Em dezembro de 1991, em entrevista à revista Contigo, o ilustrador falou do sucesso que os desenhos faziam não só com o público, mas também com o elenco. “Quem mais curte os desenhos são as crianças, mas a Joanna Fomm adora se ver retratada. E quem ainda não apareceu até hoje vive reclamando comigo. Todos querem virar desenho”, disse à reportagem.


Com doses de terror gótico e, principalmente, de humor, a novela conquistou fãs de todas as idades. O sucesso foi tão grande que a primeira reprise foi menos de um ano após sair do ar, na Sessão Aventura. Vamp também foi reexibida pelo canal pago Viva, em 2011, e já ganhou versão em DVD.


Leia também:

Ilustradora brasileira está entre as vencedoras do Nami Concours, da Coreia do Sul

Afonso Cruz é o convidado de março no Quintal da Língua Portuguesa