IBBY divulga artistas finalistas ao Prêmio Hans Christian Andersen 2022


Os finalistas foram divulgados nessa segunda-feira (21). Foto: Divulgação.

A International Board on Books for Young People (IBBY) anunciou, ontem (21), os autores e ilustradores finalistas ao Prêmio Hans Christian Andersen, considerado o Nobel da Literatura Infantil e Juvenil. Entre os indicados estão: Escritores - Marie-Aude Murail (França), María Cristina Ramos (Argentina), Fatima Sharafeddine (Líbano), Peter Svetina (Eslovênia), Annika Thor (Suécia) e Margaret Wild (Austrália); Ilustradores - Beatrice Alemagna (Itália), Ryoji Arai (Japão), Iwona Chmielewska (Polônia), Gusti (Argentina), Suzy Lee (Coréia do Sul) e Sydney Smith (Canadá). Parabenizamos os finalistas e todos os autores que representaram os seus países.


Marina Colasanti e Nelson Cruz eram os representantes do Brasil no prêmio e tem um trabalho significativo e reconhecido não só no Brasil como no exterior.


Ao anunciar os finalistas, o IBBY destacou o trabalho criterioso para avaliar todas as candidaturas. A organização ainda salientou que um dos pontos levados em consideração para a escolha dos nomes passa pela visão do artista sobre a infância. “[...] a capacidade de ver o ponto de vista da criança e aguçar sua curiosidade; e a relevância contínua de seus trabalhos para crianças e jovens”, afirma o documento oficial. Leia na íntegra AQUI.


A Biblioteca do Instituto de Leitura Quindim (ILQ) conta com obras, por exemplo, de Suzy Lee, Beatrice Alemagna, Sydney Smith e Gusti, artistas finalistas e merecedores da vitória, assim como todos os indicados. Os livros podem ser encontrados no acervo da Biblioteca, que atende de quinta a sábado, das 10h às 18h.


Volnei Canônica, Roger Mello e Suzy Lee.

Ao lado, confira um registro da ilustradora Suzy Lee com o Rinoceronte Quindim, mascote do ILQ, junto do presidente, Volnei Canônica, e vice-presidente, Roger Mello.


Criado em 1956, o Prêmio Hans Christian Andersen é considerado uma das principais honrarias do mundo literário. Na edição de 2014, o vice-presidente do Instituto Quindim, Roger Mello, recebeu a honraria. Lygia Bojunga (1982) e Ana Maria Machado (2000) são outras representantes brasileiras no hall de vencedores do prêmio.



LEIA TAMBÉM

ATELIÊ ARAÇARI: MATRÍCULAS 2022 (institutoquindim.com.br)

ATELIÊ ARAÇARI: conheça os profissionais que fazem parte do projeto (institutoquindim.com.br)

ILQ promove curso online para promotores da leitura com José Mauro Brant (institutoquindim.com.br)