Instituto de Leitura Quindim gera engajamento cultural além-fronteiras


Durante o ano, o Instituto promoveu diversas ações literárias e culturais.

O Instituto de Leitura Quindim nasceu em 2014 com o objetivo de formatar um espaço democrático onde crianças, jovens e adultos pudessem ter acesso à literatura infantil e juvenil de qualidade, além de conteúdos teóricos sobre esse universo. Completados 7 anos de existência a retrospectiva de 2021 do Instituto prova que a instituição não se limita ao espaço de uma biblioteca, e que para a cultura e educação não há fronteiras.


Com programação extensa e dinâmica, durante todo o ano, o Instituto de Leitura Quindim promoveu ações das mais diversas para levar a literatura para todo globo, gerando engajamento da sociedade e artistas para diferentes ações. Projetos como Quintal da Língua Portuguesa, por exemplo, que discutia as interfaces culturais e artísticas do universo das obras literárias dos países que falam o idioma, contou com participações de escritores e ilustradores da Angola, Brasil, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal, somando aproximadamente 25 horas de bate-papo e formação online, ao longo de 2021.


“O Instituto é plural e atento a tudo que acontece na sociedade, prova disso foi a Campanha “Vacina Já!”, da Covid-19. Por meio da obra de importantes ilustradores buscamos levar mais consciência e chamar a atenção de forma lúdica e direta aos quatro cantos do mundo”, afirma o presidente do Instituto de Leitura Quindim, Volnei Canônica.


Na semana passada, ocorreu a entrega dos livros da campanha “Natal Literário Solidário: Apadrinhe o sonho de uma criança” para mais de 500 crianças e jovens que vivem em abrigos e casas-lar de Caxias do Sul, além de alunos atendidos pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e pelas instituições CRAS Joana D’Arc e Núcleo de Políticas Públicas (NIPP) do bairro Canyon, em Caxias do Sul.


Outro importante destaque de 2021 foi a parceria com a Fundação Vale fazendo a formação de educadores para compra de acervo literário de qualidade para Estações Conhecimento das cidades de Arari (MA), Brumadinho (MG), Serra (ES), Marabá e Tucumã e a Casa de Cultura de Canaã dos Carajás (PA).


Confira abaixo as ações realizadas pelo Instituto de Leitura Quindim ao longo de 2021:


Lives do Instituto Quindim (durante o ano)


Populares em 2020, as lives não deixaram de ser um ótimo recurso para conectar as pessoas em 2021. Diversas delas foram promovidas pelo Instituto Quindim a fim de levar cultura e conhecimento para o público que acompanha a instituição nas redes sociais.


Em abril, os autores Roger Mello (vice-presidente do Instituto) e Ana Maria Machado, ganhadores do Hans Christian Andersen, prêmio concedido pelo International Board on Books for Young People (IBBY), participaram de uma live pra lá de especial. O encontro foi alusivo ao Dia Internacional do Livro Infantil, comemorado em 02 de abril. No mesmo mês, o vice-presidente Roger Mello entrevistou o escritor norte-americano Marc Aronson, o primeiro convidado do Quindim Entrevista de 2021. O tema da conversa foi “Nonfiction conta histórias".


Como parte das propostas da Especialização em Literatura Infantil e Juvenil, uma parceria entre o Instituto Quindim e a Universidade de Caxias do Sul (UCS), em outubro aconteceram três encontros online pra lá de especiais. Para comemorar os 30 anos de carreira do renomado ilustrador Odilon de Moraes, a conversa teve como tema “O traço e as infinitas narrativas”, que debateu a importância da ilustração, além de relembrar os trabalhos de Odilon. No encontro com Eliane Debus a temática foi “Enegrecer a literatura para a infância”, que teve como objetivo discutir a presença de histórias sobre pessoas pretas na literatura infantil. Já com Eliana Yunes a conversa discorreu sobre o tema “O livro para a infância e o papel do mediador”, discutindo a função da mediação de leitura na formação de novos públicos leitores.


A última live de 2021 promovida pelo Instituto foi com o ilustrador Rui de Oliveira, que neste ano comemorou 45 anos de carreira com o lançamento do livro “Contos de Fadas e Histórias Clássicas”, publicado pela Editora Oficina Raquel. No bate-papo mediado por Volnei Canônica, Rui falou sobre a obra, arte e literatura, além de demais trabalhos de sua rica carreira. Ainda durante o encontro, um exemplar do livro foi sorteado ao público que participou previamente pela página do Instituto no Instagram.


Assista às lives AQUI.


Quintal da Língua Portuguesa (de fevereiro a dezembro)


Criado em 2011 por Edna Bueno, Lucilia Soares, Ninfa Parreiras, Ondjaki e Volnei Canônica, o Quintal da Língua Portuguesa voltou a ser realizado em 2021, de forma virtual. De fevereiro a novembro, a iniciativa trouxe para o grande público renomados autores para discutir a língua portuguesa, os desafios da literatura e de se fazer novos leitores. Com representantes de países como Angola, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e, é claro, Brasil, a ação contou com aproximadamente 25 horas de lives que, com a ajuda dos ‘quintaleiros’ (participantes frequentes dos encontros) puderam abrir os horizontes para as possibilidades que o português e a literatura proporcionam.


Participaram do Quintal: Ondjaki (Angola), Afonso Cruz (Portugal), Cida Pedrosa (Brasil), Dany Wambire (Moçambique), Mafalda Milhões (Portugal), Eliana Alves Cruz (Brasil), Ricardo Azevedo (Brasil), Abdulai Sila (Guiné-Bissau), Catarina Sobral (Portugal) e Luís Carlos Patraquim (Moçambique), Roger Mello (Brasil), Sonia Rosa (Brasil) e Cristino Wapichana (Brasil).


Para conhecer mais dos convidados acesse AQUI.



Chegada da Trupe de Maricas ao Instituto Quindim (fevereiro)


Desde fevereiro de 2021, o Instituto de Leitura Quindim conta com parceiros pra lá de divertidos: é o grupo de teatro Trupe de Maricas. No começo, a parceria se deu com o grupo utilizando o espaço da biblioteca para ensaios, porém, com o passar do tempo e com as flexibilizações permitidas pela vacinação contra a covid-19, o grupo teve maior participação nas ações do Instituto. Durante eventos promovidos pelo espaço ou que contaram com a participação da instituição, lá estava a Trupe de Maricas levando alegria para o público, tudo com muita palhaçaria. Em setembro, a Trupe lançou a primeira temporada das aulas de teatro “Vivências Lúdicas”, que aconteceram no Instituto. Foram trabalhadas linguagens como o teatro, a contação de histórias, literatura, palhaçaria, entre outras, sempre visando ampliar as possibilidades de investigação de um corpo lúdico.


Siga a Trupe de Maricas AQUI.



2º Seminário de Debates sobre o Dia Internacional da Mulher (março)


Realizado de 8 a 14 de março, a iniciativa “Entre a Espada e a Rosa - II Seminário de Debates sobre o Dia Internacional das Mulheres” discutiu assuntos pertinentes ao universo feminino, contando com a participação de grandes nomes representativos no cenário político, da educação, do mundo da literatura, das questões sociais e de gênero no Brasil e no mundo. A grande homenageada da segunda edição foi a atual deputada federal pelo Rio de Janeiro Benedita da Silva.



Também participaram as escritoras indígenas Graça Grauna e Eliane Potiguara, a ativista indígena Raquel Kubeo, a vereadora caxiense Denise Pessôa, a pesquisadora Roberta Regina Saldanha, as escritoras Maria Valéria Rezende, Natalia Borges Polesso e Alessandra Rech (patrona da Feira do Livro de Caxias do Sul em 2021), a professora de Harvard Claudia Costin, a educadora Pilar Lacerda, a vice-prefeita de Caxias do Sul, Paula Ioris, a ilustradora Ana Thomas Terra, poeta Tom Grito e a especialista em Direitos Humanos, Gênero e Sexualidade Márcie Vieira.


Todos os encontros podem ser assistidos AQUI.


Campanha Vacina Já (março)


Enquanto a vacinação contra a covid-19 seguia lentamente no Brasil, em março, o Instituto de Leitura Quindim decidiu criar a campanha “Vacina Já!”. A iniciativa ganhou tanta força que recebeu adeptos pelo Brasil - e até mesmo em outros países. O objetivo era mobilizar e conscientizar a sociedade sobre a importância da imunização no enfrentamento à pandemia. Após a divulgação da arte oficial, criada pelo ilustrador Roger Mello, outros importantes artistas começaram a compartilhar suas próprias versões do rinoceronte Quindim em defesa da vacina. Em pouco mais de três semanas, foram recebidas ilustrações de Ana Thomas Terra, André Neves, Daniel Kondo, Felipe Cavalcante, Ligia Franchini, Mariana Massarani, Patricia Auerbach, Penélope Martins, Rafael Dambros, Roberta Queiroga, Sérgio Alves, Shizue Sakamoto, Tita Berredo e Wagner Carsten.


Confira algumas das artes:


Viradão da Leitura (abril)


A ideia do Viradão da Leitura surgiu em uma conversa entre a escritora e idealizadora do Projeto Kombina, Christina Dias, e o escritor e idealizador do Instituto de Leitura Quindim, Volnei Canônica. O objetivo era mostrar que brasileiros de diferentes regiões e classes sociais, leem e precisam de mais investimentos do poder público para a área. O dia 23 de abril foi a data escolhida por ser o Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor. Conforme levantamento do Instituto Quindim nas redes sociais, mais de 2,5 mil leitores se engajaram na mobilização nacional contra a proposta de taxação dos livros.



Além das lives inscritas na programação oficial, centenas de transmissões ao vivo surgiram de forma espontânea pelo Brasil inteiro. A hashtag “viradaodaleitura” foi utilizada mais de 2,2 mil vezes somente no Instagram. Já a hashtag “naoataxacaodolivro” foi citada pelo menos 3 mil vezes, na mesma rede social, em diferentes grafias. O movimento também ganhou ampla repercussão da imprensa, sendo mencionado em veículos de diferentes regiões do país.


Assista às lives AQUI.


Cursos do Quindim (janeiro, março, abril, maio, setembro e novembro)


Um dos principais pilares do Instituto de Leitura Quindim é a realização de cursos com profissionais da área da educação, da arte, da literatura e da contação de histórias. Por causa da pandemia da covid-19, em 2021 os cursos foram realizados de forma online.


Aconteceram os seguintes cursos: “Facetas de Bartolomeu Campos de Queirós”, comandado por Lucília Soares e Ninfa Parreiras sobre a obra literária do célebre autor mineiro; Mulheres Artistas: das lacunas aos espaços ocupados na arte nos séculos XX e XXI”, com Silvana Boone; “A biblioteca e seus espaços narrativos”, uma realização do Instituto com o apoio do Laboratório do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca (LIBRIS), do curso de Biblioteconomia e Pedagogia da Universidade Federal de Goiás (UFG); o workshop online “Monteiro Lobato: por que e como ler Lobato com as crianças de hoje?”, uma parceria do Instituto Quindim com a Casa de Histórias Sônia Travassos; “O Narrador e as Visualidades: recursos criativos para contar histórias”, ministrado pelo criador do grupo Tapetes Contadores de Histórias, Warley Goulart. E para finalizar o ano, a psicanalista e escritora Ninfa Parreiras e a antropóloga Carol Parreiras ministraram o curso “Desamparo, infância e literatura - Diálogo com a obra de Walter Benjamin”.


Exposição “Amazônia Chama” (julho)


As obras do projeto “Amazônia Chama / Amazon Shouts” chegaram ao Reffugio, espaço de Caxias do Sul que atua como bar e galeria de arte. No total, trabalhos de nove artistas, brasileiros e estrangeiros, fizeram parte da exposição que visa chamar a atenção para a maior floresta tropical do planeta. Os artistas foram: Roger Mello (Brasil), Daniel Kondo (Brasil/Uruguai), Rafael Dambros (Brasil), Alfredo Soderguit (Uruguai), Roger Ycasa (Equador), Mariana Massarani (Brasil), André Neves (Brasil), Piet Grobler (África do Sul/Portugal) e Taísa Borges (Brasil/Canadá). O site do projeto Amazônia Chama também ganhou um novo layout e a inclusão de novos materiais dos artistas que aderiram ao projeto.


Conheça o projeto AQUI.



Congresso na Espanha (julho)


De maneira online, o Instituto de Leitura Quindim marcou presença na edição 2021 do Congresso Ibero-americano de Língua e Literatura Infantil e Juvenil (CILELIJ). Na ocasião, o presidente Volnei Canônica entrevistou a renomada escritora e amiga do Instituto Quindim, Marina Colasanti. Os dois bateram um papo sobre a vida e obra da artista. Também durante o evento, mais precisamente na mostra Proyectos Como Nunca, Canônica apresentou quatro vídeos sobre o Instituto Quindim, para falar sobre a instituição, suas as iniciativas, ações e modelo de trabalho.


Assista ao vídeos AQUI.


Pós-graduação em parceria com a UCS (setembro a outubro)


O Instituto Quindim anunciou as inscrições para a 5ª turma da “Especialização em Literatura Infantil e Juvenil: da composição à educação literária”, uma parceria entre o Instituto e a Universidade de Caxias do Sul (UCS). Com nomes de referência para ministrar as aulas, a pós-graduação tem por objetivo qualificar profissionais quanto às ações didático-pedagógicas relacionadas à literatura infantil e juvenil, em especial ligadas à análise e à seleção de obras, bem como à realização de mediação de leitura literária em diferentes espaços.


Conheça a pós-graduação AQUI.


Instituto Quindim na Rússia (setembro)


O presidente do Instituto Quindim, Volnei Canônica, e o vice-presidente, Roger Mello, levaram a história e os projetos da entidade para o 37º Congresso Internacional promovido pela Internacional Board on Books for Young People (IBBY), diretamente de Moscou, na Rússia. Volnei e Roger, inclusive, foram os únicos representantes brasileiros presencialmente como palestrantes no evento. Durante os três dias de ações, ambos participaram de palestras e promoveram o Instituto para diversos representantes da literatura do mundo todo.



Manifão da Insurreição Liberte o Futuro (setembro)


Em setembro, mais precisamente no dia 4 de setembro, o Instituto de Leitura Quindim esteve ocupado pela criançada que participou de atividades que fizeram parte do “Manifão Insurreição Liberte o Futuro”, movimento que visou a defesa da natureza e dos povos originários. A criação de pinturas e desenhos foi livre, onde cada um fez a sua versão do buriti, árvore símbolo da iniciativa.



A contação do livro “Grande Buriti”, de Marismar Borém, ilustrado por Lelis e publicado pela editora Aletria, também fez parte da programação. O manifesto convidou as pessoas a desenharem/pintarem/bordarem os seus próprios buritis. Considerada a palmeira mais abundante do país, o buriti pertence à família Arecaaceae e pode ser encontrado no Cerrado, Pantanal e Amazônia. Buriti é árvore, água, alimento, abrigo e proteção, unindo todos os poderes que a natureza possui e compartilha com a humanidade.


Saiba mais sobre a iniciativa AQUI.


Projeto de formação de acervo nas Estações Conhecimento em parceria com a Fundação Vale (setembro-dezembro)


Na continuidade do objetivo de formação de educadores e jovens leitores, o Instituto Quindim firmou uma parceria com a Fundação Vale: a consultoria de oficinas formativas de acervo para jovens e educadores que frequentam ou atuam nas Estações Conhecimento apoiadas pela Fundação nos municípios de Arari (MA), Brumadinho (MG), Marabá (PA), Serra (ES) e Tucumã (PA). Todas as aulas foram organizadas e ministradas pelo presidente do Instituto Quindim, Volnei Canônica. Ao fim do projeto, cada Estação recebeu 500 livros dos mais variados e renomados autores, nacionais e internacionais. Outro projeto que também fez parte desta parceria foi as oficinas de acervo para educadores e jovens da Casa da Cultura de Canaã dos Carajás (PA).


Quindim no Le Marché Chic, Festival SÁLVIA e Coletivo Aldeia (outubro, novembro e dezembro)


A volta cuidadosa dos eventos presenciais, graças à vacinação contra a covid-19, foi em grande estilo. Durante o ano, o Instituto Quindim participou de duas edições do Le Marché Chic (especial Primavera e especial Natal). Para quem não conhece, o Le Marché funciona como uma feira onde artesãos, lojistas e artistas expõem seus trabalhos e os disponibilizam para comércio. Toda a curadoria é realizada por Luciana Alberti. Nas duas edições, o Instituto Quindim contou com um espaço para o ateliê e para a biblioteca móvel, além da loja com venda de livros e gravuras. As experiências promovidas pelo Ateliê Araçari também foram novidades das edições, levando crianças e adultos a desenvolverem seu lado artístico.


Em novembro, o Instituto foi uma das atrações do SÁLVIA - Festival de Arte, Cultura e Gastronomia de Caxias do Sul. Na oportunidade, a voluntária Adriana Camelo Lucena contou histórias pra lá de especiais chamando a atenção das famílias, principalmente da criançada. Todas as obras eram de autores renomados, todos eles presentes no acervo da Biblioteca Quindim, que conta com mais de seis mil títulos.


Outro evento importante para Caxias do Sul que o Instituto tem orgulho de ser parceiro foi a edição “Pertencer” do Coletivo Aldeia. O evento ocorreu no espaço da escola de teatro Tem Gente Teatrando e recebeu diversos expositores e artistas. O Instituto Quindim apresentou ao público o espaço de leitura e lazer, além da Loja Quindim com diversas obras.


Exposição no Prataviera Shopping (outubro)


O Quindim, rinoceronte amarelo mais querido do mundo, já foi fonte de inspiração para diversos artistas do Brasil e do mundo. Essa inspiração gerou obras incríveis que fizeram parte do acervo da mostra “Quindim, um rinoceronte pelo mundo!”, que esteve exposta no Prataviera Shopping, em Caxias do Sul, de outubro a novembro de 2021. Foram mais de 50 obras participantes da exposição, com artistas do mundo todo, que utilizaram técnicas e traços característicos de cada um.


Siga o Prataviera Shopping nas redes sociais AQUI.



Feira Literária de Tiradentes 2021 (outubro)


A cidade histórica de Tiradentes, localizada no interior de Minas Gerais, foi um dos principais pontos de literatura do país durante alguns dias no mês de outubro. Tudo isso devido à 2° Feira Literária de Tiradentes (FLITI), evento realizado pela Korporativa Marketing Cultural, Social e Ambiental.


A convite da idealizadora da FLITI, Cristina Figueiredo, o Instituto Quindim participou ativamente da feira literária, realizando a “Roda Ilustrada”, em parceria com o Instituto Ziraldo. Além da curadoria dos diferentes ilustradores, do slam da ilustração e do ateliê livre o Instituto Quindim dividia um lindo estante com a editora Oficina Raquel. O ilustrador Roger Mello foi um dos grandes homenageados do evento.