• Quindim

Dia Mundial do Livro terá mobilização nacional contra proposta de taxação dos livros

Atualizado: 20 de abr. de 2021


Viradão da Leitura propõe 24 horas de leitura nas redes sociais. Crédito: Arte de Mariana Massarani

23 de abril é um dia muito importante para a área do livro e da leitura, pois é quando comemoramos o Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor. Por isso, a data foi escolhida pelo “povo do livro” para uma mobilização de 24 horas de leitura nas redes sociais.


O objetivo é mostrar que nós, brasileiros de diferentes regiões e classes sociais, lemos e precisamos de mais investimentos do poder público para a área. Trata-se de uma mobilização nacional, um posicionamento da sociedade civil contra a proposta de reforma tributária do ministro Paulo Guedes, que prevê uma alíquota de 12% sobre os livros.


Na justificativa, o governo diz que o livro é um produto de elite, e que essas pessoas podem pagar mais caro. No entanto, como mostra a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, a classe C, além de leitora, é também consumidora de livros. Para se ter uma ideia, 27 milhões de brasileiros enquadrados nesse estrato social se declaram leitores.


A ideia do Viradão da Leitura surgiu em uma conversa entre a escritora e idealizadora do Projeto Kombina, Christina Dias, e o escritor e idealizador do Instituto de Leitura Quindim, Volnei Canônica. Já a identidade visual da mobilização e a frase “TODOS os brasileiros querem ler” foram criadas pela premiada ilustradora Mariana Massarani.


Veja o passo a passo de como participar do Viradão da Leitura, mobilização nacional contra a taxação dos livros (você pode baixar os cards abaixo clicando com o botão direito do mouse e salvando no seu computador):


  1. No dia 23 de abril, escolha um horário entre 00h01 e 23h59 e acesse ao vivo sua rede social preferida. Escolhemos o Instagram como rede predominante, mas você pode fazer em qualquer espaço virtual.

  2. Faça uma live com a leitura de um poema, de um trecho de um livro ou de uma história. Use o tempo que quiser.

  3. Ao final, poste a live marcando #viradaodaleitura, #naoataxacaodoslivros e #defendaolivro. Marcar essas hashtags é muito importante para podermos acompanhar a mobilização nacional.

  4. Se você quiser ter a sua leitura divulgada, acesse o link do Viradão (CLIQUE AQUI) e preencha o horário em que estará ao vivo. O preenchimento dessas informações precisa ser feito até o dia 21/04. No dia 22/04 vamos compartilhar a programação.

  5. No dia 23, das 17h às 19h, o Instituto Quindim fará pelo Instagram um bate-papo com autores, editores, mediadores, bibliotecários, promotores de leitura, políticos e pessoas que queiram se manifestar contra a taxação do livro.


Faça o download do PDF com os materiais de divulgação e contribua com essa mobilização nacional:

Viradão da Leitura - Passo a Passo
.pdf
Download PDF • 1.52MB

Compartilhe nas redes sociais, nos grupos de WhatsApp, nas escolas, biblioteca, instituições. Vamos mostrar que todos os brasileiros precisam ter acesso aos livros. Vamos dar visibilidade a todos os leitores!


Leia também:

VAMOS DANÇAR? Canal do Quindim no YouTube disponibiliza músicas para crianças

ENTREVISTA: Sônia Travassos analisa legado de Monteiro Lobato para a literatura infantil