top of page

ILQ parabeniza Academia Caxiense de Letras pelos 60 anos de história


Na foto, intelectuais caxienses na fundação da Academia em junho de 1962. Foto: Acervo ACL.

O Instituto de Leitura Quindim (ILQ) saúda os 60 anos da Academia Caxiense de Letras, comemorados hoje, dia 1º de junho. Para comemorar as seis décadas de atuação em Caxias do Sul (RS), a instituição irá receber uma distinção da Câmara de Vereadores do município por sua trajetória. A sessão solene está prevista para esta sexta-feira, 3 de junho de 2022, às 19h, no plenário.


A Academia tem como atual presidente Roberta Giovanaz Spader. Também fazem parte Domingas Colombo Giacomin como vice-presidente; Gislaine Regina Soares, Leandro Angonese e Valdecir de Oliveira Anselmo como membros do conselho consultivo; Rosania Maria Oliboni Barbosa como secretária; e Luiz Damo como tesoureiro.


A história da Academia iniciou em 1962 a partir de um grupo de amigos apreciadores da poesia e da literatura, que costumava se reunir frequentemente na sala dos fundos de uma barbearia para ler e comentar as poesias e as crônicas que produziam. Com a sucessão de encontros esse grupo aumentou e surgiu aos poucos a ideia de fundar uma Academia de Letras.


A instituição em si demorou para nascer completamente, já que houve muito debate e traçado de planos. Os amigos convidaram mais pessoas para integrarem o grupo inicial, chegaram a um acordo e sob o lema “Cultura, Facho Inextinguível” foi resolvido por unanimidade a fundação da Academia. Atualmente, ela é a entidade cultural mais antiga do município ainda em atividade. Mesmo com dificuldades e obstruções ao longo de sua história, a entidade alcançou seu reconhecimento.


Para o presidente do Instituto, o escritor Volnei Canônica, a Academia Caxiense de Letras representa uma parte muito importante e significativa da literatura de Caxias do Sul. “O saber literário e cultural desenvolvido e preservado pela Academia Caxiense de Letras durante sua trajetória contribui para contar a história de uma sociedade por meio da ficção e do resgate de um povo. Parabéns pelos 60 anos de história e vida longa a essa instituição e seus acadêmicos", afirma.


Abaixo, leia o artigo da vice-presidente da Academia, publicado no Jornal Pioneiro, e que traz alguns principais momentos da história da instituição.



LEIA TAMBÉM

Comments


bottom of page