Saiba por que manter a leitura em família durante a pandemia


A Biblioteca Quindim seguirá fechada nos próximos dias, em função do grave cenário de ocupação de leitos hospitalares e da velocidade de propagação da covid-19 no Rio Grande do Sul. Até 21 de março, todas as regiões do Estado estão na bandeira preta do modelo de distanciamento controlado, o que indica risco altíssimo de contágio.


Leia mais:

SAÚDE: 4 cuidados para proteger as crianças da covid-19


Os livros com devolução prevista para os próximos dias estão sendo renovados automaticamente, sem necessidade de preocupação para as mais de 500 famílias cadastradas. Neste período delicado, além das orientações básicas das autoridades de saúde (distanciamento social, uso de máscara e higienização frequente das mãos), é importantíssimo manter o hábito da leitura em família.


Volnei Canônica, presidente do Instituto de Leitura Quindim, defende que um bom livro, a fantasia e o afeto são fundamentais. “O livro aproxima a criança e o adulto e convida-os a viver uma aventura juntos. Ler em família não é só distração e passatempo. A leitura compartilhada ajuda a criança a se sentir acolhida e protegida. Precisamos lembrar que a criança está percebendo a preocupação de todos e as mudanças da rotina que a pandemia tem causado”, ressalta.


Com mais de 6 mil títulos à disposição da comunidade, a Biblioteca Quindim reúne um acervo de livros infantis, juvenis e teóricos escolhidos por especialistas da área. O cadastro tem uma colaboração anual de R$ 20, sendo que cada família associada pode retirar até 15 livros por vez.


Para adquirir mais livros de qualidade, visite a loja virtual do Instituto Quindim! Temos preços especiais e frete para todo o território brasileiro: é só escolher uma boa história que ela vai até o conforto da sua casa!


Leia também:

Instituto Quindim promove II Seminário de Debates sobre o Dia Internacional das Mulheres

Ilustradora brasileira está entre as vencedoras do Nami Concours, da Coreia do Sul